Cuidados com os idosos no frio

A cidade de São Paulo é conhecida por suas mudanças bruscas de temperatura. Num mesmo dia, os paulistanos podem viver a sensação térmica de todas as estações. Quem mais sofre com essa inconstância são os idosos. As temperaturas mais baixas podem ser um problema para eles, é preciso saber os riscos e cuidados que devem ser tomados com os idosos para garantir maior segurança e bem estar à essas pessoas.

Idoso com hiportemia. Mesmo dentro de casa, o idoso pode sofrer de hipotermia, pois costuma ter menos gordura, menor circulação de sangue e metabolismo mais lento. Para evitar que isso aconteça, certifique-se que o idoso esteja bem agasalhado, tanto dentro como fora de casa. As roupas deverão ser folgadas, secas e fabricadas com materiais que não façam transpirar. É aconselhável que os idosos usem luvas, cachecóis, chapéus e casacos, calçados quentes e confortáveis, de forma que fiquem o mais protegidos possível. Para evitar acidentes, os idosos devem usar meias com sapatos fechados, nunca com chinelos para não escorregar.

Vacina para gripe. O surgimento de gripes e resfriados é mais comum quando as temperaturas abaixam, e como sempre, os idosos são as pessoas mais afetadas. É importante evitar o contato deles com outras pessoas afetadas, principalmente em espaços fechados, com pouca circulação de ar. Outra coisa importante, a pessoa idosa deve ser vacinada todos os anos, especialmente se for cardíaca.

Idoso com desidratação. Os idosos são mais propensos à desidratação, uma vez que no frio eles bebem menos água. Deve-se verificar que a alimentação e hidratação estão adequados, para que eles não fiquem desidratados.

frio_idosos

Idoso aquecido. No caso do uso de aquecedores, não se deve deixá-los ligados durante toda a noite ou na ausência de pessoas na casa, pois isso pode provocar um incêndio. É importante manter as extremidades aquecidas, principalmente os pés, o uso de mantas é altamente recomendável.

Dores provocadas pelo frio. Outra reclamação comum devido ao frio são as dores nas articulações, pois as baixas temperaturas deixam o corpo mais sensível e vulnerável às dores. As baixas temperaturas agravam as dores nos idosos que sofrem de artrose, porque as pessoas ficam mais encolhidas no frio, contraindo os músculos constantemente e fazendo com que o fluxo sanguíneo seja diminuído.

Cuidados com o idoso no frio. Para evitar ou amenizar as dores sentidas no inverno, deve-se trabalhar os músculos, fazendo alongamento e caminhadas regulares. É recomendável que os idosos não fiquem parados e procurem se movimentar até mesmo enquanto assistem televisão no sofá. Para melhorar a circulação e aquecer o corpo, os idosos podem fazer exercícios com as mãos, abrindo e fechando para melhorar a circulação, mexer os pés e fazer exercícios com os tornozelos, esticando e dobrando o joelho. Forrar uma coberta no colchão por baixo, na hora de dormir, tomar banho durante o dia e evitar choque térmico após sair do banho quente, mantendo as janelas fechadas, para evitar correntes de ar.

cristina_aguiarCristina Aguiar é publicitária, geminiana e chocólatra. Graduada pela Faculdade Integrada Cantareira, atua como designer gráfica na Gráfica Riomar. Escreve em blogs e sites. Interessa-se por artes e pelo SER humano.