AS VANTAGENS DA INTERNAÇÃO DOMICILIAR

A internação domiciliar é uma opção de atendimento para pacientes que mesmo após alta hospitalar, ainda necessitem de cuidados especializados e recursos profissionais. A internação domiciliar deve ser solicitada pelo médico responsável, após estabilização do quadro clínico.

A internação domiciliar consiste em um conjunto de ações para atenção em tempo integral, para pacientes com necessidades de tecnologia especializada de recursos humanos, equipamentos, materiais, medicamentos, atendimento de urgência emergência e transporte.

PARA QUE SERVE A INTERNAÇÃO DOMICILIAR?

A internação domiciliar faz parte do atendimento home care, sendo uma alternativa para a internação hospitalar de longa permanência. O objetivo da internação domiciliar é promover, manter ou restaurar a saúde do paciente para o retorno às suas atividades diárias com qualidade de vida, proporcionando o restabelecimento de sua independência e preservação de sua autonomia.

COMO FUNCIONA A INTERNAÇÃO DOMICILIAR?

A enfermeira home care responsabiliza-se pela visitação ao paciente no hospital e no domicílio.Após realização do histórico de enfermagem e diagnósticos, a enfermeira prepara a ida do paciente ao domicílio, com todos os equipamentos e condições adequadas para a assistência domiciliar. Mediante a prescrição do médico, a enfermeira também detecta os itens que deverão ser providenciados, como suportes de soro, bombas de infusão, cama hospitalar, cadeira de rodas, respiradores, entre outros.

O serviço de internação domiciliar inclui verificação da complexidade da patologia e das condições do domicílio do paciente, frente à adequação de equipamentos necessários. As avaliações médicas são feitas em conjunto entre médico assistente, médico home care e demais membros da equipe multidisciplinar.

QUEM PODE RECEBER ASSISTÊNCIA DOMICILIAR?

  • Paciente hospitalizado com quadro clínico estável e condições de continuidade de seu tratamento em domicílio;
  • Paciente acamado ou com doenças que impeçam seu deslocamento a consultas e hospitais;
  • Paciente dependente de respiradores com ou sem BIPAP e ventilação mecânica;
  • Paciente em tratamento especializado de lesões por pressão ou vasculares;
  • Paciente em tratamento de antibiótico prolongado injetável;
  • Paciente de cuidados paliativos.

O QUE É NECESSÁRIO PARA OCORRER A INTERNAÇÃO DOMICILIAR?

Para ocorrer internação domiciliar, é obrigatório:

  • Indicação médica;
  • Autorização do plano de saúde e termo de consentimento assinado e datado pelo beneficiário ou responsável(quando não se tratar de contratação particular);
  • Residência com condições de infraestrutura física e acesso para instalação de equipamentos, manuseio e transporte do paciente, bem como da equipe do home care.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *