Reabilitação Física de Idosos Através da Musicoterapia

Para muitas pessoas, a música é somente uma forma de entretenimento, quando na verdade, significa muito mais do que isso. Musicoterapia é um tratamento que utiliza melodias, ritmos e harmonia de canções no tratamento de doenças físicas e emocionais.

Indicada para públicos de todas as idades, a musicoterapia é bastante eficaz na reabilitação física de idosos. Atuando na prevenção e com resultados no tratamento de diversas doenças, a terapia da música busca, dentro das limitações de cada idoso, estimular maior interação social, desenvolvendo potenciais e restaurando algumas funções comprometidas pelo envelhecimento.

Através do som, de palavras e gestos, a musicoterapia em idosos torna-se uma alternativa para quem tem dificuldade de expressão e problemas de comunicação, proporcionando maior exteriorização dos sentimentos e aumentando a motivação para os idosos aderirem aos seus tratamentos.

Dos sons dos batimentos cardíacos da mãe, ainda no útero, às nossas músicas favoritas de agora, todas as pessoas possuem um histórico sonoro. O trabalho do terapeuta musical consiste em descobrir esse histórico e utilizá-lo como ferramenta para estabelecer um vínculo terapêutico com o idoso que necessita de ajuda.

Utilizando instrumentos como forma de expressão, como pandeiros, chocalhos, tambores, pianos artesanais, caixas de madeira, violão e flautas, a musicoterapia objetiva o idoso a reconhecer os sons de cada um, com a possibilidade de expressar suas emoções através destes sons.

Os terapeutas musicais estimulam seus pacientes em aspectos como memória, expressão, comunicação e sociabilidade, através da música cantada ou instrumental. Não é necessário ter noção musical e pouco importa qual o tipo de problema apresentado. Em vez de longas conversas, os utilizam sons e movimentos para estimular o autoconhecimento de pacientes com os mais variados tipos de doença. Com canções, canto, estalo de dedos, palmas e outros barulhos feitos com o próprio corpo, observam e analisam o comportamento corporal dos idosos e a forma como produzem as sonoridades. Depois avaliam as necessidades de cada idoso, indicando o melhor tratamento.

Visando maior conforto, a musicoterapia com idosos é feita num ambiente especialmente preparado para esse fim. Quando feita em casas de repouso, promove estimulação sensorial e intelectual, melhorando a relação do idoso com seus familiares e cuidadores.

Como forma de tratamento, a musicoterapia em idosos é útil para explorar sentimentos pessoais e provocar mudanças positivas no emocional dessas pessoas. Prazerosa, trata problemas físicos, emocionais, cognitivos e sociais, proporcionando tranquilidade, relaxamento e neutralizando o medo.

Música e prazer são estímulos que percorrem os mesmos caminhos cerebrais da dor. Dessa forma, idosos que sofrem de dor elevada se beneficiam da musicoterapia reduzindo a ansiedade e o estresse, e em alguns casos, diminuindo o uso de medicamentos.

A musicaterapia é indicada para indivíduos com problemas motores, de comportamento e linguagem, depressão, autismo, esquizofrenia e outras deficiências mentais graves. Pessoas que sofreram derrame, tensas, com transtornos alimentares, dificuldade em lidar com o envelhecimento e câncer também se beneficiam desse tratamento.

Bastante eficaz para aliviar a dor causada por doenças incuráveis, como Parkinson e Alzheimer, a musicoterapia incentiva o movimento, a memória, ajuda na expressividade, no controle da respiração e da fala, além de distribuir muita felicidade entre os pacientes. Essa terapia ajuda a retardar e amenizar os sintomas que agravam tanto a funcionalidade da pessoa, com aulas semanais que ajudam na expressividade e controle do próprio corpo.

A musicoterapia para idosos ajuda essas pessoas a compartilhar as preocupações que surgem naturalmente com a idade, aumentando a criatividade, a força e a consciência corporal, recuperando a autoestima e proporcionando melhora na qualidade de vida do idoso. Por meio de conhecimentos de medicina, artes, psicologia e filosofia, a musicoterapia promove reabilitação física de idosos, além de proporcionar sensação de bem-estar, a musicoterapia no idoso pode trazer benefícios como melhora no humor, na concentração e no raciocínio lógico.

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *